Metronomy – “Small World”

O mundo é pequeno? Depende do ponto de vista. Ouvidas as coisas daqui, podemos afirmar que o sétimo álbum dos Metronomy é algo antagónico ao mundo. É enorme.


Mais uma vez, testemunhamos a perícia do Joe Mount na construção lírica e composição. Este é um álbum que nos faz lembrar trabalhos anteriores. Porém, o que é de destacar é a evolução que a banda destaca neste álbum. Os anos passam e, com eles, podemos confirmar que, hoje, os Metronomy são uma banda muito mais madura, sem nunca colocarem de parte o ADN que os distingue.


O rock melódico, o pop mais retro e as batidas capazes de incendiar qualquer pista de dança, trazem-nos à memória prazeres antigos. Este álbum, tem a particularidade de abordar questões existenciais. O disco tendo sido desenvolvido em 2020 contou com o patrocínio da pandemia. Ou seja, encontramos aqui uma espécie de apelo para que saibamos apreciar a natureza e a simplicidade da mesma. Em palco, a banda usa essa mesma natureza projetada e em movimento enquanto levam a cabo a atuação. Somos arrastados para esse mundo, esse mood e, acima de tudo, para a ideia do álbum.


Temos diversas incidências acústicas no álbum. Muitos riff´s que se refugiam no mundo acústico. “I lost my mind” e “Things will be fine”, são exemplos dessa mesma característica. “I have see enough”, é um som nostálgico e que se veste de badalada clássica. “Right on time”, é um tema que vem mesmo a tempo e que nos transporta para um pequeno mundo alegre. “Love Factory”… que musicão! Au Au Au!


As keyboards na banda são emblemáticas!


A química do grupo reflete-se naquilo que eles nos trazem, sistematicamente. O Oscar Cash é uma personagem… O Olugbenga Adelekan é um dos melhores baixistas da atualidade. A Anna Prior é uma baterista eextraordinária. O Michael Lovett faz tudo nesta banda, é um biscateiro.
Um álbum fabuloso e contagiante! Ouvi-lo ao vivo é sentir na pele o poder da objetividade dos Metronomy. Som breezy, leve e tão bonito de se sentir. Dos melhores do ano!

Partilha com os teus amigos